As baratas são insetos rastejantes que muitos já conhecem, mas sabia que existem várias espécies de baratas?

A barata americana é bastante ágil e rápida e pode voar, uma vez que tem asas. A barata alemã ou germânica é também muito ágil e rápida, conseguindo inclusive subir paredes e voar. A barata oriental tem preferência por percorrer esgotos e canalizações uma vez que não consegue voar mas consegue nadar. A barata de listras castanhas conseguem subir paredes e trepar superfícies mas não consegue voar, é de mais fácil distinção devido às suas listras castanhas ou amareladas.

Em todas estas espécies a sua anatomia e ciclo de vida é semelhante. As baratas são uma espécie que coloca ovos, sendo estes depositados numa cápsula chamada ooteca. A fêmea pode carregar essa ooteca até à eclosão dos ovos ou depositá-la num local abrigado de possíveis predadores. Cada ovo dará origem a uma ninfa, que vai evoluindo até ao inseto adulto. Enquanto ninfas, estas não possuem asas e são de menor tamanho.

As baratas são veículos transmissores de doenças que podem contagiar o ser humano como salmonelose, infeções por staphylococcus, infeção por E. coli e febre tifoide. Por estarem em contacto com locais contaminados com resíduos orgânicos, esgotos, entre outros, as baratas transportam vírus e bactérias no seu corpo, nomeadamente nas suas patas. Desta forma, contaminam os locais por onde passam e possivelmente objetos e alimentos.

Tem uma infestação de baratas em casa ou conhece alguém que tenha problemas com estes rastejantes? A Ratatui está cá para ajudá-lo. Contacte-nos através do 300 076 137, enviando um email para geral@ratatui.pt ou preenchendo o nosso formulário de contacto.

Saiba mais sobre baratas aqui.